170 Anos

Fabiano foi proponente de uma reunião entre os moradores do bairro São João Batista e a secretaria de Proteção Animal para tratar da superpopulação canina na região. Há meses os moradores reclamam do abandono de animais no bairro que acabam se reproduzindo e aumentando cada vez mais o número de cães nas vias. “Chamamos a reunião para buscar soluções para o problema o abandono dos animais é crime e causam diversos outros problemas”, disse Fabiano. A secretaria de Proteção Animal se comprometeu em realizar as castrações dos cães que estão no bairro, como forma de resolver a questão da reprodução excessiva e alguns animas já foram recolhidos.

A convivência com cães e gatos agrega benefícios psicológicos, fisiológicos e sociais aos seres humanos, mas em contrapartida causa, quando a criação de animais é inadequada, alteração dos padrões de bem-estar dos animais, possibilidade de transmissão de doenças, ocorrências de acidentes, agressões e contaminação ambiental. O comportamento reprodutivo dessas espécies, o rápido amadurecimento sexual, as numerosas proles, a falta de medidas políticas eficazes e a falta de orientação sobre a guarda responsável para cidadãos que desejam conviver com um cão ou gato, o aumento excessivo da população humana e a falta de condi- ções de educação e higiene propiciam inúmeras condições adversas, o que pode gerar abandono, aumentando os riscos que esses animais podem apresentar para a sociedade em termos de saúde pública e desequilíbrio ambiental

Notícias - Bancada PDT - CAMILA CAPELÃO ()