170 Anos
A vereadora Ana Affonso (PT) visitou  o Hospital Centenário, na tarde desta quarta-feira (19/4), ocasião em que foi recebida por Nelson Piovesan, diretor-presidente da instituição, que explicou as principais mudanças implementadas durante os primeiros cem dias do Governo do prefeito Ary Vanazzi.  Ana Affonso convidou  Nelson Piovesan para participar da audiência pública que vai tratar de questões relativas ao sistema de saúde de São Leopoldo, com ênfase no papel da UPA e de toda a rede de assistência. A audiência foi proposta pela vereadora Ana Affonso e será realizada na próxima segunda-feira (24/4), na Câmara Municipal, e contará também com a presença do secretário municipal de Saúde, Fábio Bernardo da Silva.
 
Hospital Centenário
 
Nelson Piovesan ressaltou a importância de dialogar com a comunidade sobre os desafios e melhorias no Hospital Centenário. ”Uma das ações foi a mudança na Gestão do Pronto Socorro, com a criação do acolhimento às famílias que aguardam informações dos pacientes, um atendimento importante que reduz a ansiedade e tranquiliza familiares e acompanhantes”, explicou Piovesan. O diretor do Hospital ressaltou que foram implementadas mudanças importantes, como a criação do cargo de médico rotineiro, responsável por transitar nos leitos da ilha de observação pelo menos duas vezes por dia. “O rotineiro se soma aos plantonistas, com isso há sempre um profissional permanente que acompanha as investigações feitas por meio dos exames e avaliações,  o que qualifica o atendimento”, explicou.
 
O diretor-presidente do Hospital Centenário também fez referência ao fato de que a instituição ficou dois anos sem médico coordenador do Pronto Socorro e do Bloco Cirúrgico. “Com essa reorganização toda e com a presença do médico rotineiro, melhorou muito o fluxo dos setores. Antes era uma rotatividade enorme, cada dia um médico diferente fazia esta avaliação dos pacientes e isto atrasava os diagnósticos e fazia com que pacientes ficassem até sete dias em processo de observação”, explicou Piovesan, ressaltando que, atualmente,  em 24 horas já é possível dar prosseguimento correto a cada caso, liberando o acolhimento de novos pacientes e garantido uma melhor qualidade ao atendimento à população. 

UPA Scharlau
 
No dia 31 de março, o prefeito Ary Vanazzi vistoriou a Unidade Pronto de Atendimento (UPA) da Scharlau (Rua Leopoldo Albino Scherer, 374) para verificar o andamento dos primeiros dias de trabalho do IBSaúde, associação civil que é a nova gestora do local. Após o encerramento do contrato da Futura Saúde, antiga gestora, em 28 de março, a Prefeitura fez um novo termo de parceria com o Instituto de Saúde, Ensino, Pesquisa e Extensão para o Desenvolvimento Humano [IBSaúde] com valores de repasses menores e aumento da meta de atendimento – de acordo com o que preconiza o Ministério da Saúde. Segundo o diretor de Média Complexidade da Secretaria da Saúde, Marco Aurélio Cruz da Silva, apenas nos dois primeiros dias de trabalho do IBSaúde à frente da UPA da Scharlau (29 e 30 de março) foram atendidas 320 pacientes – um volume de atendimento só alcançado em 10 dias de atendimento da antiga gestora. “O trabalho iniciou com uma média de atendimento cinco vezes superior ao que vinha sendo praticado, o que comprova o acerto da Prefeitura em não renovar o contrato com a antiga prestadora de serviço e buscar uma alternativa melhor para os cidadãos e para as finanças públicas”, diz Marco Cruz.
 
Para o secretário municipal de Saúde, Fábio Bernardo, apesar dos boatos de que Prefeitura não teria condições de manter a UPA em funcionamento, os dois primeiros dias de atendimento com a IBSaúde já demonstram que era, de fato, necessária uma ação efetiva do município na gestão da unidade de saúde. “Como temos dito deste a posse: a UPA não vai fechar. Estamos, sim, ampliando o atendimento e adequamos o contrato com a prestadora de serviços a valores que o município tem condições de saldar. A economia para os cofres públicos será de R$ 323 mil por mês – o que alcança R$ 3,8 milhões economizados num ano, ao passo em que estamos trabalhando para alcançar a meta de 375 atendimentos por dia ou mais 10 mil por mês”, explica o secretário.
 
A UPA Scharlau oferece atendimento clínico e pediátrico 24 horas, internação até 24 horas (se necessária) para estabilização do paciente e exames laboratoriais e Raio X (desde que o médico julgue necessário). Ainda que não tenha um bloco cirúrgico – cirurgias só podem ser feitas no Hospital Centenário – a UPA da Scharlau pode ser considerada um mini-hospital em função da diversidade e da complexidade dos serviços de saúde ali prestados.
 
Operação Transporte UPA – Scharlau
 
A Prefeitura, através da Secretaria de Serviços Públicos (Sesp), está em adiantada negociação com as companhias de ônibus de São Leopoldo para investir na melhoria no transporte público coletivo e facilitar o acesso à UPA Scharlau.
 
De acordo com o titular da Sesp, Sandro Della Mea Lima, hoje apenas uma linha de ônibus passa em frente à UPA e a Prefeitura negociou mais 7 linhas que farão diferentes itinerários pela cidade. “Aumentamos de 177 horários para 351 horários distribuídos nas 8 linhas e, além disso, há a integração tarifária onde a segunda passagem dentro de um determinado tempo sai com 50% de desconto”, informa Sandro Lima.
 
Todos os ônibus apresentarão o letreiro com a informação UPA – SCHARLAU na frente do veículo e os novos itinerários serão divulgados em cartazes nos ônibus e informação aos passageiros quanto aos novos horários e itinerários. A Sesp estima que até a metade do mês de abril todas as novas linhas já estarão implantadas.
 
Bairros atendidos com esta nova operação:
1. Bairro Campina
2. Bairro Arroio da Manteiga
3. Vila Baun
4. Bairro Boa vista
5. Bairro Parque Itapema
6. Vila União
7. Vila Glória
8. Scharlau
9. Bairro Rio dos Sinos
10.  Bairro Santos Dumont
11.  Bairro Bom Fim
12.  Vila Brás
13.  Vila Progresso
14.  Vila Batista
15.  Vila Otacília
16. Vila Tereza
17. Cohab Duque
18. Bairro Duque de Caxias
Detalhes da Operação
Situação atual:
a) 1 linha – Vila Glória (Estação Unisinos – Centro – Vila Glória);
b) 177 horários por semana.
Nova operação:
a) Mais 7 linhas:
1. Linha Circular Scharlau – atende Vila Baun, Bairro Arroio da Manteiga, Bairro Campina e Scharlau – Via Av. Henrique Bier.
2. Linha Quimisinos - atende Bairro Arrio da Manteiga e Scharlau via RS 240 – Av. Parobé.
3. Linha Boa Vista Parada 14 – atende Bairro Boa Vista, Bairro Itapema, Vila União, Scharlau, Bairro Rio dos Sinos – Via RS240.
4. Linha Paim/Itapema – atende Bairro São Miguel – Paim, Bairro Rio dos Sinos , Bairro Itapema, Vila União.
5. Linha Batista/UPA – atende Vila Batista, Vila Otacília, Scharlau.
6. Linha Santos Dumont/Bom Fim/Brás – Atende Bairro Santos Dumont, Brás, Bom fim, Vila Progresso.
7. Linha Vila Tereza – atende Vila Tereza, Bairro Duque de Caxias, Cohab Duque.
b) Mais 174 horários ao longo da implantação.
c) Todos os ônibus apresentaram letreiro com a informação UPA – SCHARLAU na frente do veículo.
d) Início imediato com a divulgação de cartazes nos ônibus e informação aos passageiros quanto aos novos horários e itinerários.

 

Notícias - Bancada PT - Alexandre Costa (MTB 7587/RS)