Vereador Marcelo Dentinho homenageia protetores e pessoas ligadas a causa animal

Vereador Marcelo Dentinho homenageia protetores e pessoas ligadas a causa animal

Em sessão especial na noite de quarta-feira (4/5), na Câmara Municipal de São Leopoldo, protetores e pessoas ligadas a causa animal foram homenageadas pelo vereador Marcelo Dentinho. O evento teve como intuito valorizar e reconhecer os serviços de voluntários e instituições como Polícia Civil e Secretaria de Proteção Animal, que trabalham em prol dos animais maltratados e/ou abandonados. 

Autor da proposição, Dentinho falou sobre a importância das ações realizadas pelos voluntários. “É preciso dar destaque a vocês e a tudo o que fazem pelos animais, salvando vidas e contribuindo com o Executivo. Por mais que a secretaria responsável venha fazendo um excelente trabalho, ainda são inúmeros casos e, desta forma, não é possível atender a todas as demandas. Vocês destinam tempo, dinheiro, abrem os portões das suas casas, mas, em especial, doam amor e atenção para os animais, grande parte que foram abandonados ou que sofreram maus tratos”. Conforme o vereador, “as políticas de proteção animal precisam avançar muito, e o Poder Público precisar destinar maior atenção para a proteção animal, em especial nas castrações. Acredito que momentos de valorização e reconhecimento como este são importantes para que esta corrente do bem, em prol dos animais, fique ainda mais forte”. 

Titular da secretaria de Proteção Animal, e médico veterinário há 42 anos, Walter Leo Verbist aproveitou a oportunidade para falar sobre o difícil trabalho realizado. “Para terem uma ideia, foram 24 animais recolhidos em abril. Nesta quinta (5/5) temos mais oito animais para recolher. Temos limitações, e as vezes a população não compreende, mas estamos fazendo tudo que é possível. O canil dificilmente baixa de 300 animais. Quando algum animal é adotado, já há outros aguardando aquela vaga”. 

O delegado Eduardo Hartz, titular da 3a Delegacia de Polícia Regional Metropolitana, falou sobre os avanços na legislação. “Em 2021 tivemos importantes mudanças, passando a ter um tratamento penal mais severo para casos de maus-tratos. Isto faz com que a delegacia consiga cumprir o seu papel em agir e tirar aquele agressor de circulação, e isso certamente vai provocar um fator de reflexão em toda e qualquer pessoa que pense em maltratar ou abandonar um animal”.  

Foram homenageadas 25 protetoras, a médica veterinária Amanda Carlos Bravo Gomes, a delegada titular da 1a Delegacia de Polícia de São Leopoldo, Cibelle Altamiranda Savi, o delegado titular da 2a Delegacia de Polícia de São Leopoldo, Rodrigo Zucco, e o secretário de Proteção Animal, Walter Leo Verbist.