Na primeira sessão legislativa de 2020, ocorrida nesta terça-feira, 4 de fevereiro, o vereador Dudu Moraes (PT) propôs para a nova Mesa Diretora que a Câmara Municipal tenha a partir deste ano um intérprete de Língua Brasileira de Sinais (Libras). É uma iniciativa para avançar na inclusão e proporcionar mais dignidade para que as pessoas com deficiência possam acompanhar os debates políticos da cidade e o trabalho dos vereadores.

Segundo o vereador Dudu Moraes, é uma necessidade antiga, uma demanda reivindicada especialmente pelas entidades do município que trabalham com pessoas com deficiência (PCD’s). “Há algum tempo estou propondo e lutando para que a casa do povo seja mais inclusiva e tenha um intérprete de Libras. Estou confiante que este ano vamos garantir essa conquista”.

A ideia inicial é construir uma parceria com a Associação Vida Nova, escola referência em Libras na cidade de São Leopoldo.

O presidente da Câmara Municipal, Júlio Galperim, afirmou que colocará o tema em pauta e não medirá esforços para implementar o projeto. 

LIBRAS é a sigla de Língua Brasileira de Sinais, um conjunto de formas gestuais utilizado por deficientes auditivos para a comunicação entre eles e outras pessoas, sejam elas surdas ou ouvintes. Na linguagem em libras cada letra do alfabeto tem seu sinal próprio, que é representado com um movimento diferente das mãos.

[Desativado] Notícias - Ver. Dudu Moraes - Tabita Strassburger (Jornalista Profissional Diplomada - MTB 16.318)

Sistema Legis

Fale Conosco

Rua Independência, 66 - Centro - CEP 93010-001
São Leopoldo / RS
Telefone: (51) 3579-9200
Horário: segunda à sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h30 às 18h.