Aviso Importante

Um evento para reconhecer e valorizar o músico. Essa foi a definição do presidente da Câmara, vereador Ary Moura, na sessão de sexta-feira (22) que prestou homenagem ao dia do músico. A solenidade que reuniu diversos matizes da cena musical do município foi marcada pela emoção, em especial pela homenagem póstuma a organista Rejane Rothmann, falecida em 26 de setembro.
Bastante emocionada a gerente geral do Serviço Social do Comércio – Sesc São Leopoldo, Andrea Guedes lembrou que foi a professora Rejane que a inseriu na música. ‘‘Mesmo sendo bastante difícil falar, me sinto feliz em estar aqui e poder prestar essa homenagem, ao mesmo tempo, que agradeço o vereador pela oportunidade de prestar várias homenagens em vida, por isso faço questão em vir sempre nessa sessão’’, declara.
O presidente do Conselho de Cultura de São Leopoldo, Otávio Saldanha, sintetizou que sessão representa a luta dos artistas pela valorização e agradeceu a iniciativa do vereador. ‘‘Toda crise que acontece no País a primeira a ser atacada é a cultura. Acredito que a cultura assusta as mentes conservadoras e me pergunto porque ela assusta? Como a educação a cultura assusta porque ela liberta!’’
Além de saudar pela sessão a presidente do Fórum dos Músicos, Ângela Dillenburg externou o sonho de realizar um concerto junto ao prédio da Câmara de Vereadores. ‘‘Quem sabe um dia, nós possamos utilizar a fachada deste prédio histórico para um grande concerto musical. Nunca se faz música para si mesmo, o brilhante é compartilhar’’, reforça.
Ao falar pelo grupo de homenageados, a musicista Lúcia Passos, lembrou de Santa Cecília, padroeira dos músicos e questionou. ‘‘Por que motivo estamos aqui, nós é que deveríamos saudar a música que nos transforma e transforma o mundo’’, destaca. Segundo ela a música está sempre presente, seja nos momentos de luta ou de paz, felizes ou difíceis, de prazer ou de trabalho. ‘‘A música nos impulsiona e resgata o que nos faz melhores, através dela atingimos a alma das pessoas’’, declara.
Lúcia Passos faz uma reflexão e questiona que musica está sendo feita e destaca que deve-se ter responsabilidades com isso. A homenageada disse ainda, que desde cedo queria compartilhar o seu canto com mais pessoas e isso a motivou também a descobrir muitos talentos. ‘‘Foi assim que comecei a trabalhar com os coros. Não consigo quantificar o número de pessoas que passaram por mim nesses 41 anos de São Leopoldo. A música agrega e forma verdadeiras famílias, trabalho pela cultura motivando fazendo projetos e algumas loucuras pela arte e cultura’’, revela emocionada.
Por fim o presidente do legislativo municipal fez questão de saudar cada um dos homenageados e agradeceu pelo empenho de todos em trabalhar pela música, ao mesmo tempo, que pediu uma valorização maior de todos os profissionais. ‘‘Uma das questões da sessão, diz respeito a valorização do músico. É uma das maneiras que faço para abrir espaços aos músicos, trabalhar a sessão como forma de reflexão’’, diz.

Os Homenageados
Musicista
Lúcia Passos
Banda de Baile
Eco do Pampa
Samba
Ivan Pedro Bittencourt
Gaiteiro
Luiz Camargo
Revelação Musical
Dudy Eduarda
Rock
Paulinho Tscherniak
Pop Rock
Vini Tupeti
Musica Nativista
Vinícius Santos
Poetisa
Jurema Chaves
In memoriam:
Rejane Rothmann

Notícias - Ver. Ary Moura - José Maria Rodrigues Nunes (MTB 8238/RS)

Sistema Legis

Fale Conosco

Rua Independência, 66 - Centro - CEP 93010-001
São Leopoldo / RS
Telefone: (51) 3579-9200
Horário: segunda à sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h30 às 18h.