Os vereadores de São Leopoldo aprovaram, por unanimidade, o projeto que visa diminuir o desperdício de alimentos no município. Autor do texto, o vereador Júlio Galperim ressaltou que “existe um projeto em tramitação no Senado, porém, está parado há cinco anos. Não podemos esperar e ver comida sendo jogada fora enquanto há pessoas passando fome”.

Ainda segundo o vereador, o desperdício é um problema muito mais grave do quê parece. “Há também a questão ambiental, pois a cada ano que passa precisamos produzir maior quantidade de alimentos, e precisamos utilizar nossos recursos naturais de maneira mais sustentável”.

Conforme o projeto, que foi criado em consonância com a Vigilância Sanitária e especifica normas para garantir a segurança e qualidade da comida, “a distribuição dos alimentos doados será exclusivamente destinada às pessoas carentes do município, sobretudo, idosos, gestantes e crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social”.

Dia Mundial da Alimentação

Por coincidência, a votação do projeto ocorreu um dia após o Dia Mundial da Alimentação, celebrado em 16 de outubro. A data foi criada com o objetivo de alertar para a necessidade do consumo consciente de alimentos, evitando o desperdício. De acordo com o Índice Global da Fome, divulgado nesta semana, hoje são 822 milhões de pessoas que passam fome no planeta.

Segundo a FAO (The Food and Agriculture Organization), aproximadamente 1/3 dos alimentos produzidos em todo o mundo é desperdiçado. No Brasil, um levantamento do Diálogos Setoriais União Europeia-Brasil evidenciou que 22% da comida que vai para o lixo em nosso país é representada por arroz, enquanto o feijão chega a 16% do montante. A perda da carne chega a 20%, e do frango a 15%. Os resultados foram obtidos após entrevista com 1.764 pessoas em todo o território brasileiro.

Notícias - Ver. Júlio Galperim - Paulo Henque Machado ()

Sistema Legis

Fale Conosco

Rua Independência, 66 - Centro - CEP 93010-001
São Leopoldo / RS
Telefone: (51) 3579-9200
Horário: segunda à sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h30 às 18h.