É quase impossível, ao estar nas ruas de São Leopoldo, olhar para cima e não ver um emaranhado de fios e cabos nos postes. Esse problema, que além da estética também coloca em risco a segurança de pedestres e motoristas, começará a ser resolvido nos próximos meses. Os locais que iniciarão esta mudança, e o cronograma de ações, estarão sob responsabilidade de uma comissão. Essa definição foi tomada nesta quarta-feira (03), em reunião na Agergs, na capital gaúcha.

Entre os participantes do encontro estiveram o vereador Júlio Galperim (PSD), o presidente da Agergs, Isidoro Zorzi, o deputado estadual Issur Koch (PP), o gerente regional substituto da Anatel, Sidney Ochman, a diretora do Procon leopoldense, Anajara Nowatzki, o especialista em regulação da RGE Sul, Adãozinho Gnatta, e a consultora de negócios da RGE Sul, Elisandra Terres de Castro.

“Precisamos construir um projeto que atenue essa grave situação. Não é só pela beleza, mas sim pela segurança, pois este problema de fios e cabos rompidos já causou, por exemplo, uma morte em Novo Hamburgo”, afirmou o vereador Galperim, que foi o responsável por iniciar o debate e as cobranças sobre o assunto.

Fazendo coro ao que disse Galperim, o deputado Issur acrescentou que Sapiranga também registrou uma morte resultante de cabos rompidos, e ainda se colocou à disposição para, se necessário, ir até Brasília e lutar pela mudança nas leis existentes. “A RGE Sul não pode ficar refém das operadoras. Se o problema é a regulamentação, vamos mudar isso”.

Por parte da RGE Sul, o especialista em regulação, Adãozinho Gnatta, disse que “a empresa não mede esforços para atender seus clientes. Queremos chegar a um consenso para atender não só São Leopoldo, mas todas as regiões”. Logo após, foi feita uma apresentação com ações já realizadas pela empresa em Caxias do Sul e Canoas, e ainda ações sugeridas para São Leopoldo.

Por fim, definiu-se que a comissão escolherá a região que iniciará os trabalhos. Com isso, o primeiro ponto a ser realizado é a retirada dos fios inutilizados e a organização e identificação dos cabos remanescentes.

Galperim avaliou como positivo o encontro. “Enfim vamos começar a agir para que ocorra a diminuição dos cabos de serviços como telefonia, TV por assinatura e fibra óptica. Será um trabalho longo, mas o importante é dar o primeiro passo”.

A comissão, a ser formada até a próxima terça-feira (09), será composta pelo vereador Júlio Galperim, pelo Procon de São Leopoldo, Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, Associação das Operadoras de Serviços, Comissão de Serviços Públicos da Assembleia Legislativa e a RGE Sul. 

 

O que disseram os demais participantes da reunião:

Sidney Ochman, gerente regional substituto da Anatel: “A agência vem acompanhando o problema no país. Em Porto Alegre temos um bom exemplo. Após um forte temporal em 2016, houve um clamor popular, e fizemos ações com cronogramas que estão sendo respeitados pela CEEE. Até agora, nesta primeira etapa, já foram recolhidos inúmeros cabos, e feitas as devidas identificações dos cabos restantes”.

Isidoro Zorzi, presidente da Agergs: “Nós, enquanto agência reguladora, estamos à disposição para colaborar da melhor forma, buscando uma solução conjunta entre todos os envolvidos, beneficiando principalmente a população”.

 

Compartilhamento de Infraestrutura:

Conforme dados da RGE Sul, são 353 operadores de serviços atuantes. A distribuidora de energia emitiu 168 notificações solicitando regularizações em 2018 para os operadores. Esse ano, em apenas três meses, já foram 246 notificações. A empresa ainda vem realizando reuniões com as prefeituras de Novo Hamburgo, Esteio e São Leopoldo.

As principais irregularidades observadas são:

*Ocupar a rede de distribuição sem aprovação de projeto;

*Falta de identificação de cabos;

*Deixar na rede cabos “desligados”, não mais utilizados;

*Falta de tensionamento adequado de cabos entre vãos de postes;

*Falta de comparecimento às obras programadas, comunicadas pela distribuidora.

Notícias - Ver. Júlio Galperim - Paulo Henque Machado ()

Sistema Legis

Fale Conosco

Rua Independência, 66 - Centro - CEP 93010-001
São Leopoldo / RS
Telefone: (51) 3579-9200
Horário: segunda à sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h30 às 18h.