Em uma das sessões mais concorridas do legislativo municipal, foi empossada oficialmente na noite de quinta-feira (17) a nova Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de São Leopoldo. O ex-presidente Armando Motta (PRB), transmitiu o cargo ao seu sucessor, o vereador Ary Moura (PDT), que terá ao seu lado o vice-presidente Adão Rambor (PSB) e o secretário Eduardo Moraes (PT). A sessão contou com a presença do prefeito Ary Vanazzi, do presidente estadual do PDT, deputado federal Pompeo de Mattos, que no ato representou a Câmara dos Deputados.
Na presença de diversas autoridades locais e regionais, ativistas culturais e comunidade geral, ao abrir a sessão e fazer seu discurso de despedida, Motta agradeceu a colaboração dos servidores e dos demais vereadores por ter estado à frente do legislativo em 2018 e desejou sucesso a nova gestão. Essa também foi a palavra de ordem dos pedetistas Iara Cardoso e Fabiano Haubert, que fizeram questão de estar presente e saudar a nova Mesa Diretora.
Em sua manifestação, Eduardo Moraes destacou que a nova mesa toma posse para fazer diferença. Nesse sentido defendeu a mudança de horário das sessões no sentido de favorecer uma participação maior da população, o petista destaca que para isso a reforma da Casa Legislativa e uma realidade a ser perseguida. Ele sugeriu a transmissão das sessões em linguagem de libras, e a possibilidade de reuniões do legislativo de forma itinerante, além de cobrar o cumprimento do regimento interno da casa.
Para Adão Rambor, que em seu terceiro mandato como vereador chega pela primeira vez a Mesa Diretora é uma honra muito grande poder dividir a administração da casa, ao lado de Ary Moura e Dudu Moraes. Ele destaca que mesmo tendo novas atribuições nesse ano, não deixará de estar ao lado do povo com suas atividades de limpeza que vêm liderando em diversos bairros da cidade. ‘‘Não temos que inventar nada. Vou seguir o mesmo trabalho de sempre’’, destaca.
O novo presidente do legislativo destaca que a Mesa Diretora terá muito trabalho pela frente neste ano de 2019. Ary Moura antecipou que entre as metas a serem perseguidas, já para o primeiro trimestre, está a estruturação da nossa Casa Legislativa. ‘‘Queremos com austeridade desempenhar o nosso trabalho, e seguindo em especial, o que diz o nosso regimento interno. Vamos parecer rigorosos em um primeiro momento, mas será acima de tudo para destacar aquele comprometimento que assumimos como vereador’’, enfatiza.
Segundo Ary Moura, de imediato a Mesa deverá fazer uma reunião com a direção do (Instituto de Aposentadoria e Pensões dos Servidores Municipais (IAPS). ‘‘Entendemos que a nossa casa não oferece as condições adequadas para receber a nossa população. Neste sentido vamos propor uma série de medidas que deverão sim ser atendidas. Entre elas estão pintura do prédio, PPCI e outras tantas reformas que são necessárias e urgentes’’, comenta.
O vereador defende ainda a revitalização da Praça do Imigrante. ‘‘É outro comprometimento que queremos ter com a população de São Leopoldo, desta feita numa parceria com o executivo’’, aponta. Para Ary Moura a revitalização da primeira Praça do município é de fundamental importância. ‘‘Não podemos aceitar que a nossa primeira praça esteja nessa situação de hoje. Quem sabe a criação de um brique aos moldes de Porto Alegre’’, revela.
Segundo ele a proposta é criar o Brique do Imigrante, uma feira popular semanal a céu aberto, uma homenagem aos primeiros imigrantes alemães no Brasil, que escolheram a cidade de São Leopoldo como berço para a sua colonização. ‘‘Vamos trabalhar para que isso se torne realidade e acima de tudo queremos que a população de São Leopoldo reconheça a Câmara de Vereadores como a verdadeira Casa do Povo’’, conclui.

 

[Desativado] Notícias - Bancada PDT - José Maria Rodrigues Nunes (MTB 8238/RS)

Sistema Legis

Fale Conosco

Rua Independência, 66 - Centro - CEP 93010-001
São Leopoldo / RS
Telefone: (51) 3579-9200
Horário: segunda à sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h30 às 18h.