Moda, feminismo, política e resgate histórico da luta das mulheres.

 

A coleção intitulada “Igualdade Florescendo” levou à passarela o tema do feminismo e o lema da inclusão. “Estamos lutando por uma época na qual toda menina que nasce no mundo terá as mesmas chances que seus irmãos”. A frase de Emmeline Pankhurst, líder das Sufragistas – organização de mulheres europeias do século XX que lutou pelo direito de votar em eleições públicas – norteou o desfile.

 

Aceitando o convite, a professora e vereadora Ana Affonso (PT/São Leopoldo) desfilou com um look criado em homenagem à sufragista francesa Emmeline Pankhurst. “Aqui estamos para incluir. Não para excluir mulher alguma por padrões impostos pela sociedade”, definiu a criadora da coleção, a formanda em Moda, Luane Fernanda Miguel.

 

Desde o clima divertido no backstage, o desfile transcorreu de forma alegre, apesar da temática contestatória. Ao som de “Hard out here” (Difícil por aqui), de Lilly Allen, as quatro modelos desfilaram com vestido, vestido e casaco, minissaia e camisa, blusa e calça.

 

À parlamentar coube vestir o ícone da indumentária feminista: a minissaia, na cor verde militar, e uma camisa - peça exclusivamente masculina até o século XX - em tom levemente rosado, com detalhe em babado na lateral e bordado: “Lute como Emmeline”. Luane ressalta que graças a mulheres como Emmeline Pankhurst, a busca por direitos iguais trilhou um longo caminho, mas a luta por um mundo onde meninas e meninos tenham as mesmas chances desde o nascimento ainda está longe de acabar.

 

Daí o interesse da acadêmica, que cursou Fashion Design na Parsons The New School for Design, durante um ano em Nova Iorque, por meio do programa Ciência sem Fronteiras, em 2015. Para ela, do interesse pelo feminismo logo surgiu a adesão ao trabalho por incluir todas mulheres, independente de biotipo, perfil social ou quaisquer condições materiais.

 

“Eu busquei integrar mulheres acima dos 30 anos para mostrar que a roupa não vê idade. Toda pessoa pode usar o que se sentir confortável ao usar. Além disso, a Ana é um exemplo de mulher que luta pelas outras e, mesmo se dedicando muito ao trabalho, ainda cria suas duas filhas”, declara Luane.

 

A vereadora Ana Affonso foi escolhida por ser uma mulher gaúcha que se destaca na defesa dos temas ligados às mulheres. Exerce seu terceiro mandato na Câmara de Vereadores, já foi deputada estadual e no recente pleito eleitoral concorreu à vice-governadora ao lado de Miguel Rossetto.

 

“Não sou modelo, mas prontamente aceitei o desafio por me sentir responsável por abraçar quem se dispõe a lutar. Assim, ‘ninguém solta a mão de ninguém’. Me senti honrada em fazer parte dessa trajetória. Acredito que o conhecimento é uma forma de inclusão e superação das desigualdades. Num momento em que nossa resistência se dá de maneiras tão diversas, desfilar a temática da luta das mulheres é representar nossa capacidade criativa, de organização e ocupação de todos os espaços da sociedade. A jovem Luane, que estudou no ensino médio com minha filha Bruna, é exemplo de uma juventude que está enfrentando os desafios impostos pelo machismo”, salienta Ana.

 

“Tempestades fortes estão chegando tentando matar nossas flores. Nosso dever como mulheres é seguir tratando nossas irmãs com respeito, empatia e companheirismo, começando por ofertar as mesmas oportunidades a todas nós” – coleção “Igualdade Florescendo”.

 

O desfile ocorreu no Teatro Feevale na noite de 05/12 e marca a conclusão de curso de 43 acadêmicos de Moda da Universidade Feevale.

 

Sufragistas - membros de organizações europeias de mulheres militantes no início do século XX que, sob o lema "Votos pelas Mulheres", lutaram pelo direito de votar em eleições públicas, conhecidas como sufrágio feminino. O termo se refere em particular aos membros da União Social e Política da Mulher Britânica (WSPU), um movimento fundado em 1903 por Emmeline Pankhurst, que se engajou em ações diretas de desobediência civil.

 

Fotos: Cláudio Fachel

 

 

Notícias - Bancada PT - Cátia Cylene (MTB 12597)

Sistema Legis

Fale Conosco

Rua Independência, 66 - Centro - CEP 93010-001
São Leopoldo / RS
Telefone: (51) 3579-9200
Horário: segunda à sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h30 às 18h.