Um vídeo publicado pelo vereador Marcelo Buz (DEM) na noite de segunda-feira (22/10) em suas redes sociais provocou revolta nos trabalhadores da Educação e da Saúde de São Leopoldo. A gravação falava uma série de mentiras contadas pelo próprio parlamentar à população a respeito do conteúdo trabalhado em salas de aula.

“Nas escolas estão ensinando canalhices para as nossas crianças,” criticou Buz ao mostrar a Caderneta do Adolescente, material produzido e distribuído pelo Ministério da Saúde desde 2009. Todos estados brasileiros receberam a caderneta nas versões para menino e para menina. Portanto, a denúncia dele não faz sentido.

“Sua intenção é difamar a categoria de educadores, sempre distorcendo os fatos e tentar com manipulação tirar proveito eleitoral para seu candidato”, ressaltou Ana Affonso.

O material integra a política de Saúde dos adolescentes e aborda temas como: adolescência, responsabilidades, dicas de alimentação saudável, cáries, vacinas, prevenção à doenças sexualmente transmissíveis, prevenção à gravidez precoce, entre outros.

A denúncia foi realizada na sessão da Câmara de Vereadores (23/10), transmitida ao vivo e pode ser acessada aqui:

Conforme informações do Ministério da Saúde, a caderneta é apropriada para adolescentes entre 10 e 19 anos de idade, voltada para o ensino de como cuidar de seu próprio bem-estar físico, emocional, psicológico, espiritual e social, cujos objetivos são ajudar a acompanhar as transformações que ocorrem no corpo e a se informar sobre os direitos dos adolescentes.

 

 

Notícias - Bancada PT - Cátia Cylene (MTB 12597)

Sistema Legis

Fale Conosco

Rua Independência, 66 - Centro - CEP 93010-001
São Leopoldo / RS
Telefone: (51) 3579-9200
Horário: segunda à sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h30 às 18h.