“Nunca foi tão desafiador ressignificar a Educação, quanto no contexto atual de retrocessos na Educação, com congelamento de investimentos por 20 anos e pelas tentativas de coibir o pluralismo de ideias. Precisamos nos fortalecer frente às forças opressoras que tentam criminalizar as práticas educacionais libertadoras”, ressaltou a vereadora Ana Affonso. A reflexão fez parte do debate realizado durante lançamento do Prêmio Paulo Freire – Mestre Cidadão, promovido pelo gabinete da vereadora Ana - líder do Governo na Câmara, na segunda-feira (25/6) na Câmara de Vereadores.

Diversos educadores e estudantes participaram da aula pública intitulada 50 anos da Pedagogia do Oprimido – Legado e Reinvenção, ministrada pelo professor doutor Danilo Streck. Ele fez uma contextualização histórica de Paulo Freire, principalmente dos momentos em que escreveu a obra em pauta. Streck salientou que, segundo Freire, o papel do professor é o de problematizar, não executar aquela chamada educação bancária, cuja cultura do silêncio predomina e o aluno torna-se simples receptor de conhecimentos “depositados” pelo professor. “Falar de democracia e silenciar o povo é uma farsa”.

O Prêmio Paulo Freire – Mestre Cidadão, de autoria de Ana Affonso, tem como objetivo reconhecer e premiar as boas iniciativas realizadas na área da Educação. “Queremos manter viva a pedagogia de Paulo Freire e estimular trabalhos voltados para a construção da cidadania, sempre trazendo à reflexão o legado deste grande mestre”.

Poderão se inscrever professores das redes de Ensino público municipal, Ensino privado, Ensino público estadual e Ensino não formal, nas modalidades: Trabalhadores em Educação Infantil, Trabalhadores em Educação do Ensino Fundamental Séries Iniciais (1º ao 5º), Trabalhadores em Educação Séries Finais (6º ao 9º), Trabalhadores do Ensino Médio, Trabalhadores em Educação de Jovens e Adultos e Trabalhadores em Educação Especial.

As inscrições vão de 26 de junho a 6 de setembro. Os primeiros colocados de cada modalidade receberão o Troféu Paulo Freire – Mestre Cidadão, a quantia de R$ 1.000,00 (um mil reais) e diploma de participação. Os segundos e terceiros colocados receberão medalha e diploma de participação. As Instituições de Educação dos trabalhadores premiados em 1º lugar e as empresas parceiras do prêmio receberão o selo “Paulo Freire Mestre Cidadão”. 

Para baixar a ficha de inscrição e o Projeto de Lei que contém todas as informações para concorrer ao Prêmio Paulo Freire basta acessar: www.camarasaoleopoldo.rs.gov.br.

 

Notícias - Bancada PT - Cátia Cylene (MTB 12597)

Sistema Legis

Fale Conosco

Rua Independência, 66 - Centro - CEP 93010-001
São Leopoldo / RS
Telefone: (51) 3579-9200
Horário: segunda à sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h30 às 18h.
Em virtude do processo eleitoral, entre os dias 03/09 até o dia 15/10 os horários dos expedientes serão das 8:00 hrs às 14:00 hrs