Somente quem já necessitou ligar para um serviço de emergência e não conseguiu, pois o número estava ocupado, sabe o quão angustiante é a situação. São segundos que podem ser cruciais para salvar uma vida. Em São Leopoldo, grande parte das ligações que ocupam as linhas dos serviços de emergência são trotes.

Conforme dados oficiais, mais da metade das ligações diárias para o 192 são para repassar falsas ocorrências. Um único número ligou mais de 2.500 vezes para o SAMU em 2017.  A Brigada Militar recebe, em média, de 60 a 80 trotes diários. Já o Corpo de Bombeiros, através do 193, registra 90% de trotes nas ligações recebidas.

Para minimizar estes índices alarmantes, que geram ainda grande prejuízo aos cofres públicos, já que viaturas são deslocadas para averiguarem o fato, o vereador Júlio Galperim (PSD) apresentou um Projeto de Lei para multar os autores destas ligações.

Conforme Galperim, a multa aplicada será de R$ 85,50 (25 UPM) por cada trote realizado, valor duplicado em caso de reincidência. “Toda chamada é identificada e gravada. No caso de trotes, as operadoras de telefonia repassarão o nome e endereço do proprietário da linha, que será identificado e notificado”.

Ainda de acordo com o projeto, a multa poderá ser transformada em atividades pedagógicas através da participação dos Programas de Educação a ser realizados pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, Guarda Municipal, Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e/ou Brigada Militar.

O projeto foi aprovado por unanimidade pelos vereadores de São Leopoldo em primeira votação. Na próxima quinta-feira (14/06) acontecerá a segunda votação.

Notícias - Bancada PSD - Paulo Henque Machado ()

Sistema Legis

Fale Conosco

Rua Independência, 66 - Centro - CEP 93010-001
São Leopoldo / RS
Telefone: (51) 3579-9200
Horário: segunda à sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h30 às 18h.