A líder do PDT na Câmara, vereadora Iara Cardoso se diz satisfeita com a decisão da Secretaria de Segurança do Estado, em manter a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) no município. Apesar disso, ela garante a audiência pública marcada para esta quinta-feira a partir das 9h30, no plenário da Câmara. A luta segundo a pedetista passa a ser pela instalação da Delegacia Especial em Furto Roubo Entorpecentes e Captura (Defrec) e delegacia de Vulneráveis.
A vereadora que ainda no sábado (02) protocolou o pedido de audiência pública diz que é o momento, não só dos vereadores, prefeitura municipal e órgãos de segurança buscar melhorias para essa área, mas de toda a sociedade. Nesse sentido Iara Cardoso espera contar com o apoio das organizações da Sociedade Civil, no sentido de reforçar um pleito antigo do legislativo e do executivo municipal. ‘‘O meu gabinete e a bancada do PDT estará vigilante e agora vamos lutar pela instalação da Defrec e Delegacia de Vulneráveis no município’’, destaca
De acordo com a chefia de gabinete da vereadora, já confirmaram presença na audiência pública desta quinta-feira representantes da OAB/RS - Subseção São Leopoldo, Associação Comercial, Industrial, de Serviços e Tecnologia de São Leopoldo (ACIST-SL), Câmara de Dirigentes Lojistas de São Leopoldo (CDL), Brigada Militar e Polícia Civil. Também confirmou presença o diretor do Presídio Estadual de São Leopoldo, Alan Jones e o promotor de Justiça, Thomás Henrique de Paola Colletto e o secretário de Segurança, Carlos Sant’Ana.
O diretor da 3ª Delegacia de Polícia da Região Metropolitana (DPRM), Rosalino Constante Seara confirmou a manutenção dos plantões na DPPA de São Leopoldo a noite e nos feriados e finais de semana, porém será feito de acordo com as possibilidades da regional. ‘‘A partir dessa quinta-feira já terá plantão, mas vamos ter que remanejar dentro da nossa equipe’’, informa. O diretor informou ainda que por decisão da chefia de polícia está descartada a abertura da Defrec no Vale do Sinos.
Quanto a instalação da delegacia de vulneráveis no município, Rosalino afirma que depende da nomeação de um titular, porém ele antecipa. ‘‘Isso só vai ocorrer quando o município indicar um prédio com condições e imobiliário adequado para a instalação dessa delegacia’’, enfatiza.

 

Notícias - Bancada PDT - José Maria Rodrigues Nunes (MTB 8238/RS)

Sistema Legis

Fale Conosco

Rua Independência, 66 - Centro - CEP 93010-001
São Leopoldo / RS
Telefone: (51) 3579-9200
Horário: segunda à sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h30 às 18h.
Em virtude do processo eleitoral, entre os dias 03/09 até o dia 15/10 os horários dos expedientes serão das 8:00 hrs às 14:00 hrs