170 Anos

O primeiro projeto do jovem Dudu Moraes (PT) foi aprovado por unanimidade e mereceu elogios de todos os colegas presentes à sessão da noite de quinta-feira, dia 6 de abril de 2017, na Câmara Municipal de Vereadores de São Leopoldo. O projeto 006/2017 prevê que as empresas que recebem incentivos da Prefeitura Municipal de São Leopoldo, sejam eles tributários, doação, concessão ou permissão de uso de terrenos, ou ainda, qualquer outro tipo de incentivo no âmbito do Município, ficam obrigadas a preencher, no mínimo, 10% (dez por cento) do seu quadro de funcionários com jovens profissionais da faixa etária de 18 (dezoito) a 24 (vinte e quatro) anos, desde que estejam qualificados para a função a ser exercida.

Ao utilizar a tribuna para falar dos motivos pelos quais criou o projeto, Dudu Moraes fez referência às dificuldades que teve, assim como milhares de outros jovens, para conseguir emprego e ingressar no mercado de trabalho. Aos 27 anos, antes de ser vereador foi garçom e cabeleireiro. Apaixonado por esportes, Eduardo Moraes é aluno do curso de  Educação Física na Unisinos e coordenador do movimento “Eu Luto Pela Educação”, além de ter sido fundador do Instituto Robin Hood.

BOM FILHO E PAI CORUJA

Filho mais velho do seu Vilson e da dona Elaine, Dudu sempre se refere com orgulho à criação que ele e seus três irmãos (dois meninos e uma menina) receberam dos pais, que moram na Vila Antonio Leite, no bairro Campina. Sua liderança política é resultado da boa educação que recebeu em casa e vem desde os tempos de escola, quando foi presidente dos grêmios estudantis das escolas Olindo Flores e Pedrinho, além de  coordenador da União Leopoldense dos Estudantes (ULE).Quando fala da sua filha, Isabela, de sete anos, seus olhos brilham e o vereador de São Leopoldo dá lugar ao pai coruja.

A NOVA CARA DA POLÍTICA

 “Esse projeto mostra para a população e para a sociedade que é possível um jovem da periferia conquistar espaços. Eu tenho orgulho de ter recebido 1.564 votos, sem receber dinheiro de empresas, sem ter familiares ricos ou com nome na política. Sou filho de um vigilante e de uma cozinheira e tenho muito orgulho disso. Meus pais não me apoiaram financeiramente na campanha, mas sempre estiveram ao meu lado nesta caminhada e, principalmente, na minha criação. Eu batalhei muito para chegar onde estou. Antes de ser vereador fui garçom e cabeleireiro. Quando criei este projeto foi pensando nas dificuldades que eu e tantos outros jovens tivemos para entrar no mercado de trabalho”, explicou Dudu.

Notícias - Bancada PT - Alexandre Costa (MTB 7587/RS)

Sistema Legis

Fale Conosco

Rua Independência, 66 - Centro - CEP 93010-001
São Leopoldo / RS
Telefone: (51) 3579-9200
Horário: segunda à sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h30m às 18h.